Entrevistas de JoaQuim Gouveia

25
Out 13

 

“ADORA-SE DEUS E AMAM-SE AS PESSOAS”

 

Helena Fruta é uma mulher de partilha. Tem uma visão do mundo que não dispensa alguma poesia falando de amor ao próximo e menos arrogância e prepotência. Nasceu em Palmela e viveu durante alguns anos em Setúbal. O seu primeiro amor não o revelou e o seu trabalho realiza-a profissionalmente. Acredita que só um ser como Deus, poderia criar o Homem. Tem pena que as pessoas não tenham coragem para partilhar as suas necessidades e receios. Adora cozido à portuguesa e se pudesse viajava até Roma

 

Como foi a sua infância?

Foi muito boa, muito feliz. Fui filha única. Nasci em Palmela e morei, também, em Setúbal. Tive a felicidade de ter a minha mãe em casa. Brinquei bastante na rua as brincadeiras próprias da altura. Fui sempre uma miuda muito alegre. Andei até à 3ª classe na antiga escola da Quinta dos Padres, em Setúbal e fiz a 4ª classe em Palmela

 

O primeiro amor…

Acho que ele nunca soube que eu gostava dele. Foi um amor que nunca tive coragem de revelar. O rapaz acabou por ir embora de Palmela e nunca mais o vi

 

E o primeiro emprego…

Na Associação de Futebol de Setúbal, onde vou fazer 40 anos de casa. Tenho um trabalho do qual gosto bastante

Como é a sua casa? Como a define?

É o meu lar. Não tenho filhos biológicos mas tenho duas filhas do “coração”. São duas jovens a quem dedico muito tempo e atenção. Elas enchem-me a casa

 

O que pensa do mundo?

Tenho pena da falta de coragem que as pessoas têm em partilhar necessidades e receios. Muitas vezes nem sabemos que o vizinho do lado existe. Nem falo do mundo global. Às vezes há um mundo ao nosso lado que nem damos por ele

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Realizados nunca estamos. Humanamente podemos fazer sempre mais e essa é uma preocupação que vive comigo, ou seja, saber se posso fazer mais pelos outros. Profissionalmente, como já disse, gosto muito do meu trabalho

 

Como se resolve a crise?

Com mais humanidade, mais amor ao próximo, com o saber escutar, com menos arrogância e prepotência. Adora-se a Deus, amam-se as pessoas e os animais e gosta-se das coisas

 

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

Deus criou o Homem porque só um ser como Ele nos poderia criar. Sou católica e praticante

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Teria partilhado mais com os outros. Houve alturas na minha vida em que não dei tudo o que podia dar aos outros. No entanto hoje tento emendar essa falha

 

Que faz no presente e que projectos para o futuro?

Trabalho na Associação de Futebol de Setúbal, estou na delegação de Setúbal da APPACDM e na Associação das Festas das Vindimas de Palmela. Pertenço, ainda, ao Movimento Mensagem de Fátima. No futuro quero manter-me disponível para continuar a colaborar nas coisas da minha terra, que eu tanto amo

 

CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino

Roma

 

Um livro

A Bíblia

 

Uma música

5ª sinfonia de Beethoven

 

Um ídolo

Jesus Cristo

 

Um prato

Cozido à Portuguesa

 

Um conceito

Humildade

publicado por Joaquim Gouveia às 14:55

Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

14
15
19

20
21
26

27
30
31


arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO