Entrevistas de JoaQuim Gouveia

02
Dez 13

 

 

“ESTOU DISPONÍVEL PARA SETÚBAL”

 

O arquitecto Paulo Lopes é vereador do Partido Socialista, na Câmara Municipal de Setúbal. Nasceu e cresceu nesta cidade onde diz ter amigos em todos os bairros devido à sua infância repartida entre várias zonas da cidade. Pertence à quarta geração de uma família de setubalenses. Profissionalmente foi sempre empreendedor e sobre o mundo tem a idéia de que vivemos melhor agora que nos tempos dos seus pais e avós. É Católico praticante e acredita que Deus criou o Homem, mas não descansou ao sétimo dia

 

Como foi a sua infância?

Foi uma infância vivida em Setúbal, cidade onde nasci. Sou a 4ª geração de uma família setubalense. Passei parte da minha infância entre o Montalvão e os Ídolos da Praça, locais onde estudei e brinquei muito. Os meus avós eram da zona do bairro Santos Nicolau. Tenho amigos por toda a cidade

 

O primeiro amor…

Foi no Liceu, um namorico normal de adolescente. O primeiro namoro a sério foi com a mãe dos meus filhos.

 

E o primeiro emprego…

Sempre trabalhei por conta própria. O primeiro trabalho remunerado foi numa empresa do meu pai, nas férias quando tinha 16 anos. Saber o quanto vale o dinheiro e o trabalho dá mais valor ao que se ganha. Este era um dos ensinamentos do meu pai. Na altura ganhava 150 escudos por fazer um desenho a limpo

Como é a sua casa? Como a define?

Fui eu que a projetei à minha imagem. Tem mais valor porque foi feita por mim. É uma casa simples mas tenho uma relação efetiva especial por ela

 

O que pensa do mundo?

Acho que o mundo sempre foi assim. Há 60 anos estávamos numa guerra mundial. Portanto não é agora que o mundo pode estar mal. Hoje vivemos muito melhor que no tempo dos meus pais e dos meus avós. Cabe a esta geração não baixar os braços

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Sinto-me mas não estou resignado. Quero mais e isso é que me faz ser politicamente muito ativo. Tenho ambições que é uma coisa sempre boa quando não é desmedida

 

Como se resolve a crise?

Esta crise tem a ver com a nossa falta de valores. Neste momento só existe um líder mundial capaz de dar esperança que é o Papa Francisco. Ele dá a esperança e o exemplo. Para mim é o unico ao seu nível. Temos que repor alguns valores. As escolas ensinam-nos a ser bons profissionais mas temos que ser acima de tudo as melhores pessoas

 

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

Sou católico praticante. Deus criou o Homem. Não terá sido como diz na Bíblia, em que ele descansou ao 7º dia. Mas que Deus existe e o Homem é a sua criação, disso não tenho dúvidas

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Não. Se mudasse não chegaria ás conclusões que cheguei nem teria cometido os mesmos erros. Teria cometido outros. São as nossas conquistas e derrotas que nos definem e moldam o nosso caráter

 

Que faz no presente e que projectos para o futuro?

Sou arquitecto com “c”, vereador do Partido Socialista, na Câmara de Setúbal e tenho outras atividades em coletividades e associações do Concelho. Para o futuro tenciono cumprir o mandato de vereador e preparar o PS para as próximas eleições autárquicas daqui a 4 anos. A nível associativo mantenho-me disponível para com a cidade de Setúbal e os setubalenses

 

CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino

Nova York

 

Um livro

Os Miseráveis (Victor Hugo)

 

Uma música

O pianista (Michael Nymen)

 

Um ídolo

Os meus pais

 

Um prato

Sardinhas assadas

 

Um conceito

Família

 

 

publicado por Joaquim Gouveia às 06:56

Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO