Entrevistas de JoaQuim Gouveia

20
Mar 14

  

“O HOMEM TEVE A NECESSIDADE DE CRIAR DEUS”

 

Madureira Lopes é um bibliófilo que pesquisa e investiga sobre a história de Setúbal, que reconta nos livros por si já publicados. Filho de pai pescador e mãe doméstica conheceu uma infância sem brinquedos. O seu primeiro emprego foi na Socel, como eletricista. Para si o mundo está rodeado de coisas belas mas também adulterado devido ao egoísmo e ganância humana. Para resolver qualquer crise é necessário, em primeira instância mudar as metalidades. È nisso que acredita. Por outro lado acha que o Homem, na sua ignorância teve necessidade de criar Deus. Quer continuar com a sua missão de enriquecer o património bibliográfico da cidade

 

 

Como foi a sua infância?

Nasci nas Fontaínhas mas passei a infância no bairro Santos Nicolau. Foi uma infância igual a todos os da minha condicção isto que eu era filho de pescador e de mãe que era doméstica e que devido ás dificuldades nem brinquedos tínhamos. Tinha mais 2 irmãos. As nossas brincadeiras eram de rua com jogos de futebol intermináveis e outros jogos populares. Frequentei a escola primária nº19 do meu bairro e fui um aluno mediano.

 

O primeiro amor…

Foi com uma miúda com uns olhos lindos e como é natural foi tudo muito ingénuo. Tinha 15 anos.

 

E o primeiro emprego…

Foi na Socel. Era eletricista e não me recordo quanto ganhava.

 

Como é a sua casa? Como a define?

É onde sinto tranquilidade e paz de espírito, rodeado pelo meu mundo ligado ao colecionismo.

 

O que pensa do mundo?

É um mundo rodeado de coisas belas mas adulterado na sua condição devido ao egoísmo e à ganância humana.

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Acho que nunca nos podemos sentir realizados humanamente, devido ao nosso contínuo e obrigatório melhoramento como seres humanos e profissionalmente devido à contínua evolução tecnológica.

 

Como se resolve a crise?

Qual crise? A moral ou a económica? A crise económica não se resolve sem resolver primeiro a crise moral mudando as mentalidades.

 

 

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

O Homem na sua ignorância para a compreensão de determinados fenómenos naturais teve a necessidade de uma justificação para tal fato. Daí o aparecimento de alguém sobrenatural a que se chama Deus e que mais tarde deu origem ás religiões.

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Partindo do fato que é uma pergunta utópica haveria coisas que as teria feito de outra maneira e outras que nem as teria feito.

 

Que faz no presente e que projectos para o futuro?

Estou reformado e dedico-me a pesquisar e investigar sobre a história de Setúbal, o que faço à dezenas de anos como hobby, continuando assim a enriquecê-la (modéstia à parte), através das publicações que tenho editado.

 

CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino

Tanzânia

 

Um livro

Escuta Zé Ninguém (Wilhelm Reich)

 

Uma música

Beatles

 

Um ídolo

Não tenho

 

Um prato

Peixe

 

Um conceito

Sentir que não passámos por aqui em vão

publicado por Joaquim Gouveia às 02:44

Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21

23
25
26
27
28
29

30
31


arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO