Entrevistas de JoaQuim Gouveia

06
Jan 18

“SÓ JUNTOS PODEMOS ULTRAPASSAR QUALQUER CRISE”

Com taça.jpg

Mário Leandro tem o propósito na vida de levar o seu FC Setúbal, o mais longe possível. Fundador, dirigente e treinador do clube emprega todos os esforços numa caminhada que o enche de orgulho querendo oferecer à cidade um clube novo e dinâmico. Esteve imigrado no Luxemburgo, durante alguns anos da sua vida. Tem recordações muito gratas da sua infância ao lado dos pais e do irmão. Tem o sonho de mudar o mundo e ganhar muito dinheiro para investir nos mais carenciados. Para si a crise só se ultrapassa com a reação de todos. No seu entender Deus é magnífico e embora seja crente não perfilha qualquer religião. Setúbal é o seu destino preferido

 

Como foi a sua infância?

Nasci no hospital de Santa Maria, em Lisboa, em 1964, ás 08:30h da manhã. Tenho memórias entre os 6 e os 10 anos. A entrada na escola que, no entanto, frequentei pouco durante os dois primeiros anos. Ía à pesca, aos pássaros, comer fruta nas árvores e muita brincadeira. No entanto passei todos os anos. Nunca reprovei. Os meus pais vendiam peixe de porta a porta e depois estabeleceram-se na praça do Pinhal Novo e mais tarde em Setúbal. Tive sempre muita liberdade. Tenho um irmão. Em 1974 fomos para o Luxemburgo, como imigrantes clandestinos.

 

O primeiro amor…

Penso que tinha 17 anos. Foi no liceu com uma italiana de Roma. Mais tarde voltei a encontrá-la. Foi apenas um namoro de juventude.

 

E o primeiro emprego…

Num banco, no Luxemburgo, na parte informática. Ganhava 500 euros.

 

Como é a sua casa? Como a define?

A minha casa é a minha família. É muito acolhedora. É uma casa aberta a todos. O ponto mais forte dos setubalenses é o acolhimento. Sinto-me muito bem na minha casa. A decoração está ao gosto da minha mulher.


O que pensa do Mundo?

O meu sonho é mudar o mundo. Um dia quero ganhar 10 milhões de euros com o futebol e pegar em 5 milhões e investir nas situações mais carenciadas. Ou seja, ajudar quem mais precisa e sobretudo sensibilizar todos os grandes bilionários para se juntarem a essa causa.

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Em parte sim, pela família que tenho e pelo percurso realizado. Tive um acidente de percurso que transformou de certa forma a minha vida. No entanto luto para que as coisas resultem e consiga ultrapassar esse incidente.

 

Como se resolve a crise?

Temos que acordar, temos que reagir. Só juntos podemos ultrapassar qualquer crise, seja económica, seja de valores. Tem que haver reação de todos.

 

Foto criança.jpg

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

Deus é magnífico. Deus é tudo e deu-nos tudo. Nós não temos nada para lhe dar. Deus é o criador. Sou crente mas não tenho religião.

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Agora não vale a pena pensar nisso. Já não posso mudar nada. Tinha que pensar muito bem, mas agora já não penso mais. O que está feito, feito está.

 

Que faz no presente e que projectos para o futuro?

Sou fundador, presidente e treinador do F.C. Setúbal. Por outro lado, sou também empresário do ramo automóvel. A minha motivação passa pelo facto de querer ver os outros felizes.


CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino:

Setúbal

 

Um Livro:

A Bíblia

 

Uma Música:

I got you under my skin (Frank Sinatra)

 

Um Ídolo:

Deus

 

Um prato:

Lulas grelhadas

 

Um conceito:

Levar a vida da forma mais simples possível

 

 

 

publicado por Joaquim Gouveia às 15:07

Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO