Entrevistas de JoaQuim Gouveia

09
Jul 18

 

 Foto.jpg

 

“DEUS É ENERGIA EQUILIBRADORA DO UNIVERSO”

 

Carlos de Sousa foi presidente das Câmaras Municipais de Palmela e Setúbal. Hoje continua em lugar de presidência mas em instituições de vertente social. Para si o mundo vive hoje momentos de confusão e os europeus são poucos sensíveis à desgraça dos refugiados. Sente-se um homem realizado e é crente em Deus, como energia criadora do Homem e equilibradora do Universo. Para si os humanos têm uma missão na Terra e um livre arbítrio. É admirador da obra de Jesus Cristo, que diz ser o maior revolucionário de todos os tempos.

 

Como foi a sua infância?

Nasci em Alcântara, a 18 de Junho de 1951, na rua da Cruz. Com um ano os meus pais mudaram-se para a travessa do Guarda-Jóias, na Ajuda e aí fiquei 23 anos. Foi uma infância feliz, diversificada e dedicada á família. Passava as férias numa quinta dos meus avós na Venda do Pinheiro. Na escola fui um aluno médio com notas necessárias para passar os anos. Não gostava de decorar tinha que compreender as coisas.

 

O primeiro amor…

Andava na escola primária no Restelo e na 4ª classe. Tive uma paixão por uma colega que morava perto do jardim Botânico, em Belém. O coração batia-me mais rápido. Penso que ela era da família da Maria Lamas.

 

E o primeiro emprego…

Na Lisnave, de 1973 a 1979. Iniciei-me nas lides informáticas.

 

Como é a sua casa? Como a define?

É a minha casa de Palmela, onde tenho a minha mulher, os meus filhos e os meus animais. É uma casa tranquila, cómoda e sossegada.


O que pensa do Mundo?

Está uma confusão e não querendo ser cético nos meus 67 anos de idade parece-me que nos últimos 30/40 anos as coisas não têm melhorado. Como é que é possível que os Estados Unidos tenham um presidente que gere o país através do twitter. Estamos a atravessar tempos confusos e dramáticos. Quando as desgraças têm uma cor escura (África e refugiados), pelo menos os europeus ligam muito pouco, são insensíveis àquela dor.

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Há uns anos atrás dizia aos amigos que se morresse agora morria de “papo cheio”, porque 6 filhos, um percurso profissional político e empresarial e agora na vertente social tornam-me uma pessoa muito rica de experiências. É um privilégio.

 

Como se resolve a crise?

A nacional tem parecenças com a do mundo. O que resta é a individualidade humana e isso verificamos nos exemplos pelo mundo. Enquanto não houver o aperfeiçoamento espiritual do ser humano vamos continuar a ter o mesmo tipo de problemas que temos já há muitos anos e que acontecem em todo o tipo de organizações.

 

Foto bebé jpeg.jpg

 

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

Acredito em Deus enquanto energia equilibradora do Universo e acredito que cada ser humano tem uma missão na terra, só que cada um de nós tem um livre arbítrio. Deus criou o Homem do ponto de vista energético.

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Como acredito que o percurso que tive fez parte de um caminho que me foi traçado não mudaria esse caminho.

 

Que faz no presente e que projetos para o futuro?

Sou presidente do Centro Social de Palmela e do Centro Jovem Tabor. Enfim, uma fase da vida dedicada às questões sociais. Penso que este será o meu caminho no futuro.


CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino:

Brasil

 

Um Livro:

Bíblia

 

Uma Música:

Musica Céltica

 

Um Ídolo:

Admiro Jesus Cristo (maior revolucionário de todos os tempos)

 

Um prato:

Massacotes grelhados

 

Um conceito:

Em tudo amor e servir

 

 

publicado por Joaquim Gouveia às 19:38

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO