Entrevistas de JoaQuim Gouveia

29
Nov 18

Foto.jpg

 

"SE HOUVESSE DEUS ÉRAMOS TODOS IGUAIS"

 

Carlos Sousa é presidente do Clube Desportivo Recreativo e Cultural de Gâmbia. Nasceu em Setúbal, no antigo hospital da cidade mas viveu durante algum tempo em Moçambique. Começou a trabalhar no campo com apenas 11 anos de idade. Pensa que deveria existir mais paz e menos guerras no mundo e que o dinheiro deveria acabar para evitar a ganância desmedida. Sente-se um homem realizado porque atingiu as suas metas. Sobre a crise diz que a riqueza deveria ter melhor distribuição e pensa que se Deus existisse seríamos todos iguais. Gostava de ir a França e o seu ídolo é Eusébio.

 

Como foi a sua infância?

Sou natural de Setúbal. Nasci no antigo hospital da cidade. Morei no Sobralinho, até aos 19 anos. Aos 4 anos de idade e até aos 8 vivi em Moçambique, onde fiz a escola primária até à 3ª classe. Entretanto o meu pai apanhou uma doença e acabou por falecer. Eu tinha 11 anos e estudava já na escola comercial. Depois fui trabalhar. Nunca tive uma infância normal com muita brincadeira. Nunca passei fome.

 

O primeiro amor…

Foi pela minha mulher que é o meu único amor.

 

E o primeiro emprego…

Comecei a trabalhar no campo com 11 anos. Ganhava 7,5 escudos.

 

Como é a sua casa? Como a define?

Não é uma casa luxuosa. É uma casa simples e humilde. Temos esta casa à 40 anos. Fui eu que a fiz.

 

O que pensa do Mundo?

Deveria de haver mais paz e menos guerras. O ódio deveria também acabar. As pessoas deviam ser mais honestas. Sou há ignorância. O dinheiro devia acabar para não haver tanta ganância. As guerras são geradas pelos ódios e pelos grandes interesses. As grandes potências vendem armas. São tudo interesses.

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Sinto-me, porque trabalhei toda uma vida e construí uma família dentro daquilo que eram as minhas expectativas.

 

Como se resolve a crise?

Dando mais trabalho e distribuindo melhor a riqueza. Só desta forma se podem resolver as crises. Não há outra maneira.

 

Foto jovem.jpg

 

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

Eu acredito em Deus mas pelo que vejo no mundo chego à conclusão que não há Deus. Se houvesse Deus éramos todos iguais e não haviam raças nem credos.

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Nada. Acho que fiz as coisas bem feitas. Nasci assim e assim hei-de morrer.

 

Que faz no presente e que projetos para o futuro?

Sou presidente do Clube Desportivo Recreativo e Cultural da Gâmbia e estou reformado. Quero manter-me ao serviço do movimento associativo.




CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino:

França

 

Um Livro:

Livro do mundial de futebol de 82

 

Uma Música:

Cante alentejano

 

Um Ídolo:

Eusébio              

 

Um prato:

Dobrada

 

Um conceito:

Solidariedade

 

 

publicado por Joaquim Gouveia às 10:05

Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
15
17

18
24

25


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO