Entrevistas de JoaQuim Gouveia

10
Jan 19

Com o apoio do HOTEL DO SADO

 

Foto.jpg

 

“OS PORTUGUESES SÃO UM POVO ACOMODADO”

 

José Martinez é professor de educação física e presidente do Clube de Ginástica de Portugal. Viveu na cadeia de Setúbal, onde o seu pai era guarda prisional e chegou a brincar com alguns reclusos. Começou a trabalhar nas férias de verão e procura que a sua casa seja o seu ponto de encontro. Pensa que os portugueses são um povo acomodado. Diz-se homem das ciências e não acredita na existência de Deus. Lê livros técnicos, gosta de Beatles e de marisco.

 

Como foi a sua infância?

Sou natural de Setúbal, onde sempre vivi. Frequentei a escola primária do Bairro Salgado e fui aluno do professor Sérgio, que era diretor da escola e, por isso, acabava por não ter tempo para os alunos e muitas vezes ficávamos sozinhos na sala de aulas. Pelo menos é essa a reflexão que faço. As brincadeiras eram todas passadas na rua. Vivia na cadeia de Setúbal, onde o meu pai era o guarda. Conheço aquele edifício por dentro e por fora. Por vezes brincava com os reclusos de confiança. O meu pai chegou a ser o único guarda da cadeia.

 

O primeiro amor…

Lembro-me da primeira namorada no ciclo Bocage, mas o primeiro amor foi mesmo pela minha mulher.

 

E o primeiro emprego…

Num programa camarário de férias de verão a lavar as ruas. Não me lembro de quanto ganhava.

 

Como é a sua casa? Como a define?

Procuro que a minha casa seja o meu porto de conforto com condições de trabalho porque faço muito do meu trabalho em casa. É simples e confortável. Tenho um canto numa janela por onde vejo o nosso rio.

 

O que pensa do Mundo?

Estamo-nos a afundar. O caminho é descendente porque temos governantes que são políticos e não querem ser governantes. Isso provoca um desequilíbrio. Prometem muito e cumprem muito pouco. Temos que bater no fundo para que as pessoas acordem e se revoltem contra a situação. Os portugueses, por exemplo, são um povo muito pacífico e acomodado.

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Sim. Profissionalmente sinto-me muito bem quando algumas pessoas me dão os parabéns pelo trabalho realizado com elas há muitos anos enquanto crianças e jovens e que não me esqueceram, o que demonstra que as marquei no seu percurso de vida e de forma positiva. Pessoalmente sinto-me muito bem com uma família estável.

 

Como se resolve a crise?

Com honestidade e vontade tudo se resolve, até a crise. Quando os políticos deixarem de ter as mordomias que têm.

 

Foto criança.JPG

 

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

Sou um homem das ciências e sei que ainda não foi provada a existência de Deus. Logo foi o Homem quem criou Deus, com a sua necessidade de crença e de resolução dos problemas.

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Pequenas coisas como o curso de Aeronáutica que tirei nos Estados Unidos. Hoje não parava a minha vida por causa disso. Ía fazendo.

 

Que faz no presente e que projetos para o futuro?

Sou presidente do Clube de Ginástica de Portugal, professor de educação física e treinador de ginástica. Sinto-me privilegiado com todos os resultados que alcancei mas vou continuar na minha senda evoluindo e aprendendo.




CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino:

Estados Unidos

 

Um Livro:

Leio livros técnicos

 

Uma Música:

Beatles

 

Um Ídolo:

Não tenho

 

Um prato:

Marisco

 

Um conceito:

Não me chateiem

 

 

publicado por Joaquim Gouveia às 10:38

Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO