Entrevistas de JoaQuim Gouveia

22
Jan 19

Com o apoio do HOTEL DO SADO

 

Foto.jpg

 

“FUI AUTARCA E PUGNEI PELO BEM ESTAR DE TODOS”

 

Manuel Aguiar é o presidente da Associação de Atletismo de Setúbal. Oriundo do Ribatejo nasceu num meio rural onde frequentou a escola e brincou bastante. Começou a trabalhar numa taberna com apenas 13 anos de idade. Tem a ideia de que a evolução está a criar problemas ao mundo como a poluição ou as guerras. Para si a crise resolve-se distribuindo melhor os rendimentos. Sente-se um homem realizado e pretende manter-se ao serviço da associação para continuar a contribuir para o desenvolvimento da modalidade. Gosta de música portuguesa e não tem ídolos.

 

Como foi a sua infância?

Sou natural de Calhandriz, na freguesia de Vila Franca de Xira. Nasci num meio rural. Os meus pais tinham terrenos de produção agrícola. Na escola fui um aluno médio e frequentei a escola daquela povoação. Brincávamos pelos terrenos e na altura da debulha a brincadeira era muita. Tive uma infância feliz e bastante normal sem razões de queixa.

 

O primeiro amor…

Lembro-me que namorei uma acordeonista filha de um homem que tinha um salão de baile e que também tocava acordeão. Não sei se foi o primeiro amor até porque eu era bastante namoradeiro, gostava muito das raparigas.

 

E o primeiro emprego…

Como caixeiro numa taberna em Alhandra, com 13 anos. Penso que na altura devia ganhar 40 escudos por mês.

 

Como é a sua casa? Como a define?

É o espaço que me acolhe para o descanso. É agradável e com um ambiente muito tranquilo.

 

O que pensa do Mundo?

Já fui autarca na minha terra e pugnei por uma política de bem estar para todos. Cada um de nós deveria seguir este exemplo para que o mundo fosse melhor. Mas não é assim. A evolução é rápida e está a criar-nos problemas como a poluição, como as guerras e a falta de apoio às pessoas.

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Já estou na reforma e já me senti realizado. Penso que ainda não terminei a minha função que quero continuar por mais alguns anos. Mas posso dizer que me sinto, na verdade, realizado.

 

Como se resolve a crise?

A crise tem muitas variantes e acho que se acentua mais no facto das pessoas não se entenderem. Tem que existir uma melhor distribuição dos rendimentos.

 

Foto jovem.jpg

 

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

Sou católico não praticante. As coisas não são tão lineares assim. Não tenho ideia formada sobre o assunto. Não sou ateu mas também não tenho fixação religiosa.

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Não sei se tinha alguma coisa para mudar. Gostava de voltar aos meus 8 anos para poder brincar.

 

Que faz no presente e que projetos para o futuro?

Sou presidente da Associação de Atletismo de Setúbal e como já disse estou reformado. Pretendo manter-me na associação e continuar a contribuir para o desenvolvimento da modalidade no distrito e no país.

 




CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino:

Algarve

 

Um Livro:

Leio jornais

 

Uma Música:

Música ligeira portuguesa

 

Um Ídolo:

Não tenho

 

Um prato:

Cozido à portuguesa

 

Um conceito:

Viver de bem connosco e com os que nos rodeiam

 

PUBFB.jpg

 

 

 

publicado por Joaquim Gouveia às 14:11

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
26

27
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO