Entrevistas de JoaQuim Gouveia

25
Jan 19

Com o apoio do HOTEL DO SADO

 

Foto.jpg

 

“TENTO FAZER A MINHA PARTE PELO MUNDO”

 

Olga Xufre é presidente do Núcleo Bicross de Setúbal. Professora do 2º ciclo gosta da sua profissão apesar de reconhecer que está cada vez mais desvalorizada. Nasceu no bairro salgado, onde brincou e andou à escola. Com 16 anos trabalhou num talho para dar valor ao dinheiro. Pensa que o mundo é maravilhoso mas o ser humano não o aproveita da melhor maneira. Acredita em Deus, como força superior que é, também, amor. Gostava de viajar até Nova Iorque, está a ler Helena Sacadura Cabral e o seu prato preferido é bacalhau.

 

Como foi a sua infância?

Sou natural de Setúbal. Nasci no bairro Salgado e tive uma infância feliz num tempo em que se podia brincar na rua. Jogava à bola, à apanhada, às escondidas e outras brincadeiras. Frequentei a escola do bairro. Fui uma boa aluna embora muito irrequieta e reguila. Tenho memórias de infância passadas com os meus pais e a minha irmã.

 

O primeiro amor…

Tive vários namoricos inconsequentes mas o meu primeiro amor foi aos 15 anos por um colega de escola.

 

E o primeiro emprego…

Tinha 16 anos e foi num talho no Mercado do Livramento para dar valor ao dinheiro. Penso que ganhava 5 contos por semana.

 

Como é a sua casa? Como a define?

É uma casa familiar, acolhedora e que tem boas memórias. Foi o meu pai que a construiu. Era uma casa familiar mas hoje só lá estou eu com a minha família.

 

O que pensa do Mundo?

Acho que o mundo é bom mas os homens não sabem lidar com ele e cada vez há mais perigos e tenho medo do futuro para os meus filhos. Ao mesmo tempo o mundo é maravilhoso é pena que o Homem não o saiba aproveitar e o esteja a destruir cada vez mais. Eu tento fazer a minha parte.

 

Sente-se realizado humana e profissionalmente?

Sim. Sou professora e como profissional sinto-me realizada apesar da nossa profissão ser cada vez mais desvalorizada. Humanamente sou uma mulher realizada, com dois filhos maravilhosos e saudáveis que me dão bons motivos de orgulho.

 

Como se resolve a crise?

A crise não se resolve, vai-se resolvendo a pouco e pouco. A crise foi feita pela ganância das pessoas. E começa na nossa casa. Basta que cada um faça algo para ajudar o próximo.

 

Foto criança.jpg

 

Deus criou o Homem, ou foi o Homem quem criou Deus?

Ambos. Acredito numa força superior que é o amor e a que os homens chamam Deus. Faço as minhas orações maioritariamente para agradecer e acho que esse Deus criou-nos à sua imagem. Mas o Homem sempre teve necessidade de justificar os fenómenos que não controla como os da natureza e a própria maldade que existe em si e daí haver Deus e o diabo.

 

Se pudesse voltar atrás o que mudaria na sua vida?

Não mudaria nada. Tudo o que fiz e o que passei trouxeram-me onde estou hoje e a ser o que sou.

 

Que faz no presente e que projetos para o futuro?

Sou presidente do Núcleo Bicross de Setúbal, professora do 2º ciclo e mãe. No futuro pretendo continuar a dar o meu melhor a todas as causas onde estiver envolvida.




CAIXA DAS PALAVRAS

 

Um destino:

Nova York

 

Um Livro:

O sal da vida (Helena Sacadura Cabral)

 

Uma Música:

Queen

 

Um Ídolo:

Não tenho

 

Um prato:

Bacalhau

 

Um conceito:

Fazer o bem sem nos deixar pisar

 

PUBFB.jpg

 

 

 

publicado por Joaquim Gouveia às 13:16

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
26

27
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO